quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O Velório

A notícia correu como rastilho de pólvora pela cidade.
Bateu nas Igrejas, correu as ruas, os becos, passou de bar em bar, pela beira do cais e chegou à zona do meretrício, no canto do rio. Tudo bem que a cidade não é grande.
Dr. Adolfo, emérito advogado, com banca bem constituída na cidade, famoso nas farras e na putaria, havia morrido.  
 
Leia a estória deste fato na sessão ao lado: Contos

Nenhum comentário:

Postar um comentário